sábado, outubro 26, 2002

Lembram daqueles lembretes que eu escrevi para postar depois? Então...
Viva o Dinho!

Num fim de semana que eu não me lembro qual, eu, a AD e a Dona Célia (Senhora Mãe da AD) fomos ao Itaguará (Clube de Guaratinguetá, tem shows, competições, e essas coisas por lá) para assistir a um campeonato de supino. Até então eu não sabia o que era o tal supino. Já tinha ouvido algumas pessoas que fazem academia falar nisso, mas não fazia idéia do que fosse. Só no campeonato que fui ver que é aquele aparelho que a pessoa deita em uma... em uma... numa espécie de caminha feita para isso e ergue uma barra com pesos mais ou menos na altura do peito. Ah! Eu não sei explicar, mais fácil vendo mesmo: click aqui!

Quando cheguei já me senti "O Magrelítico". Cheio de cara fortão de academia. Alguns até eram observados por todo mundo, os que mais chamavam a atenção: Frederico, O Fred e Marcão. Os dois tchananãs da competição. Foram que fizeram a final, mas esse post para o item "Viva o Dinho" da minha lista de lembretes para postar depois. Vamos ao Dinho.

Dinho é um dos caras que estavam competindo. O que mais chamou a atenção no campeonato e deixou o evento bem mais da hora, melhorou muito o humor do local. Como é que eu posso dizer de um modo menos... Ah! Ele tem problema mental. Tem um jeitão muito louco e usa rospas que ninguém usa. Muito louco o cara. Todos os outros competidores entravam, levantavam seus pesos e saíam calados. O Dinho foi o único que falou com o público além do apresentador. Pena que ele estava com o ombro machucado. Repetiu isso umas dez vezes, mais como uma explicação, o porquê dele não estar levantando mais peso. Ele disse que levantava mais, mas não estava dando por causa do ombro machucado. Ele arrumou o ombro umas duas vezes, após cada um de seus levantamentos. Sabem aquele filme Máquina Mortífera? Não tem o policial branco que desloca o ombro algumas vezes durante o filme? Era o mesmo com o Dinho. O povo pedia para ele forçar (acho que era isso, não sei. a AD lembra) e ele contraia os músculos e fazia aquela pose de fisoculturista. No final o Dinho só perdeu para um ou dois caras na sua categoria, não me lembro direito se ele ficou em terceiro ou segundo lugar. Ele era o único no pódio que parecia dar um grande valor para o seu troféu. E o único que fazia-nos rir na hora da foto com as suas poses engraçadas. Foi o show daquele dia.

A final foi muito da hora. Não me lembro (não me lembro de nada! Que raiva! ò_ó) direito dos pesos exatamente mais da para entender. A grande final era entre Frederico, O Fred e Marcão. Primeiro foi o Marcão:
-Quantos Kg Marcão - perguntou o apresentador que conhecia todo mundo
-190 - respondeu o acadêmico (quem faz academia não é acadêmico?)
O Marcão levantou os 190kg. Frederico, O Fred viu tudo com o canto do olho de soslaio e foi para levantar os pesos dele. Pediu 198kg. Silêncio total no local, todo mundo concentrado para ver ele levantaria os pesos. Respirou, fez força e levantou. Todos: "Nossa!", "Oh!" e esses tipos de comentários.

O Marcão foi para a sua segunda e última tentativa. Pediu 200Kg. O pessoal ficou comentando "oh o tanto de peso", "será que ele vai conseguir?". Ele foi e pimba levantou os 200Kg. Nem dava para crer. "Nossa cara! 200Kg é quatro eus" eu disse na hora. O cara levanta quatro eus no supino. Agora estavam todos ansiosos. Será que Frederico, O Fred conseguiria levantar mais de duzentos Kg? Pela cara dele via-se que sim. Ele foi lá e pediu: "202Kg". Deitou-se e se concentrou. O silêncio era total no local. Aquilo definiria o campeonato. Ele secou as mãos, colocou-as na barra, respirou forte, e começou. Fez aquela cara de vou fazer cocô, forçou, forçou, a cara dele ficou pior, soltou um pum, mas não deu. Ele não conseguiu levantar os 202Kg. Ele, Frederico, O Fred, que estava todo convencido que já tinha ganhado, o treinador do Dinho. Ele não conseguiu e ficou em segundo lugar. Marcão levou o troféu de primeiro lugar para casa. Deu dó do Dinho que estava torcendo muito para seu instrutor e ele perdeu, mas a cara de convencido de Frederico, O Fred me fez torcer pelo Marcão que tinha um ar bem mais simpático.

Quando acabou o campeonato fui para a casa da AD que é bem perto do clube e íamos a pizzaria. Eu estava todo suado, sujo e mal cheiroso. Estava um calor insuportável no salão do campeonato, cheio de gente e já tinha visto tanto peso sendo levantado que eu fiquei até com os braços cansados só de ver. Não voltaria para Aparecida só para me arrumar em casa para voltar para a pizzaria e fazendo tudo correndo. Tomei banho na casa da AD pela primeira vez. Lesgal! Fomos à pizzaria e eu perguntei ao garçom se eles faziam limonada suíça, disse que sim e que era uma delícia a limonada suíça deles. Pedimos todos limonadas suíças. Estávamos a AD, Tatá, Binho, Varum, Dolma (irmã do Varum) e é claro: eu. O povo lá do nêutrons. A AD não conhecia limonada suíça, foi a primeira vez que ela tomou, acho que só eu e o Varum já tínhamos experimentado. E gostou muito, era uma delícia de lá, como o garçom havia dito, muito boa mesmo. A AD e eu resolvemos até fazer uma para nós quando estávamos em Ubatuba, mas acabamos nem fazendo a delícia. Não fizemos muitas coisas que a gente ia fazer por lá, até a listinha de coisas que a gente ia fazer e não fez em Ubatuba a gente não fez.

Empolguei-me um pouco para escrever hoje, quanto tempo que eu não escrevia para o cab.

Vitor ouvindo Chico Buarque - As Vitrines

domingo, outubro 20, 2002

Há quanto tempo, hein?!

Já faz o mó tempão que o Vitor não posta. Minha vida esteve lotada de coisas para fazer nesse tempo de não postagem. A gincana na escola foi o que me tomou mais tempo, mas valeu muito a pena: Nós ganhamos! Na véspera do primeiro dia de gincana eu fui domir às 2:30am e acordei às 5:20 e saí correndo de ônibus para a escola só vendo coisa da gincana. A AD ganhou a prova dela da roupa de papel e participou de quase todas as outras provas da gincana. A minha prova, ou melhor, a prova que estava sobre minha responsabilidade também ganhou. Imitar os Secos e Molhados. Dublamos O Vira com uma coreografia bem engraçada. Eu fui o Ney Mato Grosso. A AD fez as maquiagens que ficaram identicas e vencemos! Depois vou ver se eu arrumo fotos e vou ver se post essa semana também. Tem bastante coisa para postar. Acho que tem um mês não postado que eu pretendo postar.

Nota: Quem ganha a gincana tem um ponto a mais na média de todas as matérias no quarto bimestre.
PS: Eu não tenho gravador de CD Paulo Bross =[

segunda-feira, outubro 14, 2002

Eu tava fazendo mó post contando da viagem para Ubatuba, mas deu o mó páu no micro e desaminei totalmente.

terça-feira, outubro 08, 2002

Disse que estava sem inspiração para post, mas hoje eu a AD estamos comemorando 2 mêses de namoro. Festança! E como sempre vamos ter uma comemoração especial. No primeiro mês completado fomos ao show da Ivete Sem Galo que foi muito bom e nessa comemoração vamos ficar alguns dias juntos e na mesma casa (na verdade AP) e em Ubatuba. UoU! Ainda não está certo se vamos ficar 4 ou cinco dias por lá (contando os dias de ida e volta). Mó calorsão e nóis na praia, êêêêê vidôncia!

Não precisa ficar com tanta inveja. Desfazendo alguns possíveis pensamentos: Eu vou dormir num quarto só para mim e a AD com a mãe dela que estará sempre com a gente. Só vamos nós três.

Vitor

domingo, outubro 06, 2002

Acho que post agora só a partir do dia vinte. Muitas coisas para o Vitor resolver e má fase de inspiração para escrever. Tem que preparar algumas provas para a gincana do colégio, ensaiar músicas para a apresentação de flauta do dia 19 que eu não estou tirando de jeito algum, chatas e difíceis, e o que mais me deixa ansioso: Preparativos para a viagem com a AD para Ubatuba. Iuuuuuhhhhhhhuuuuu! (é assim que se escreve iuuuhhuuuu?)

huahauhaua
Vitor

PS: Por causa dessa viagem e grana não vou mais ao show dos red hot.
PS2: Além desse tanto de coisas para fazer, que nem é tanto assim, mas dá labuta, ainda tenho provas no colégio. Estou usando meu tempo de net para estudar, ou melhor, estou tentando.
Tinha um vírus no meu micro:
C:\Windows\Temp\height.exe
De uma olhadinha no seu micro, não custa nada.
Ele troca os caracteres do teclado e depois trava o micro. Travou o micro da AD.
Hoje é domingo pé de cachimbo
Cachimbo é de ouro bate no touro
Touro é valente bate na gente
A gente é fraco cai no buraco
O buraco é fundo acabou-se o mundo
Tenho um monte de coisas para postar, mas sem tempo. Vou escrever lembretes para eu postar depois:
-Viva o Dinho
-Família
-Reforma - fotos dos pedreiros
-pizzaria
-mais coisas da expomusic
-carro apreendido
-beringelas
-viagem
-uruguaiano
-roller
-vírus
-hábito copo lixo claudsom
-gincana

Livro com uma mão não dá

Ler segurando o livro com apenas uma das mão não dá. É como fazer sexo ativo sem ter as duas mãos na parceira, não dá. E uma mão escondida s...