quarta-feira, agosto 11, 2004

Corrigindo contos – comentário

Devido à qualidade do texto aqui apresentado, eu chego a seguinte conclusão: quando eu penso coisas para serem escritas, o texto não me agrada. A escrita só vai agradar quando eu escrever coisas que eu já tinha pensado (percepções/análises ou criações/imaginações).


Criar a fim de escrever, não dá certo. Tem que ser pensado/criado esse novo mundo, por assim dizer, pelo simples correr da criatividade, não se deve haver motivos. E, assim, depois de haverem nascido sem o propósito da literatura, serem escritos.

Nenhum comentário:

Livro com uma mão não dá

Ler segurando o livro com apenas uma das mão não dá. É como fazer sexo ativo sem ter as duas mãos na parceira, não dá. E uma mão escondida s...