Leiaute Novo

Eis aqui duas semanas de enrolares e lento aperfeiçoamento de um dos quatro melhores leiautes que o cab já teve. Vamos recapitular? O primeiro foi um de roller, lembram desse? Só os leitores mais antigos lembraram. O segundo foi um que tinha trechos de textos meus na coluna da esquerda, era escuro – inspirado no site do Chico. O terceiro foi o que esteve até ontem aqui e que teve uma variável, que é a versão original; essa, não era em branco e preto, mas sim, nos agradáveis, clássicos e preferíveis tons azuis. O quarto está nas vistas dos leitores agora e espero muito que ele lhes dê conforto na leitura e lhes seja bonito e prático.

Tendo dito haver quatro melhores leiautes do cab, paro e penso que isso não é verdade. É um julgamento errado meu. Devo dizer que houve quatro leiautes mais “elaborados” por aqui. Tiveram tantos outros (estão passando nesse momento nas minhas lembranças) que foram: engraçados, super leves, feitos na raça e excêntricos. E tantos outros também. Sem certeza, digo que foram 18 o total de roupas que vestiram esse blog. Pelo menos, essa de agora, está toda salva na pasta 18 dentro dos meus arquivos de leiautes.

Ainda há coisas por fazer. No menu, temos links para vários posts antigos, preferidos e engraçados-para-mim que já foram por aqui postados. Pretendo botar ao final de cada um deles, um link sugerindo a leitura de algum outro que tenha, com esse, a ver. Para fazer assim uma corrente que tenha uma certa lógica. Mas é um trabalhinho braçal que não estou disposto a fazer agora. Por fim, gostaria de pedir a vocês, com o mais bem dito por favor que por aqui já disse, que se encontrarem algum erro de português, algum link quebrado ou algo que acham que poderia mudar para ficar bom, me avisassem. Muito obrigado por mais essa visita. É o cab que agradece.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bustamante

Texto que escrevi e li como orador dos formandos de 2008 do curso de Comunicação e MultiMeios da PUC/SP

Tema da redação: Heróis reais