Lu

Adorei seu e-mail. E, ah, esses convites para escrever! Eu adoro escrever! Te devo desculpas pelo não envio daquele prometido e-mail. Agora, já estou em São Paulo, essa é a semana de recepção dos calouros na puc. Enfim mudado para cá, estou com “mais tempo” – por assim dizer. Menos coisas a se fazer e menos nuvens nos pensamentos, principalmente. Também te devo uma explicação de como eu te acho linda: Fiquei divagando um pouco sobre quem você é e não sobre quem eu sou; como você sugeriu no final do seu e-mail. Fiquei poetizando definições siderais de beleza a você. Algo muito além do estético. Versos dos quais não me recordo, mas que sei: foram pensados. Os meus exageros adoráveis. Adoro exagerar quando tenho nas mãos palavras a escrever. Isso foi comentado ontem à noite com uma amiga. Imagino que saiba a linda que é. E, se não tem consigo essa definição, creio que parando um segundo para pensar, a encontra. Duas perguntas: Como faço para escrever ou mandar textos já escritos para o E-zine? E, como participo do concurso português? Sem colocar parágrafos nesse e-mail, agradeço os seus elogios a mim e ao que já escrevi. Te conhecer é ótimo. Eu julgo, uma grande sorte virtual. Um grande beijo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bustamante

Texto que escrevi e li como orador dos formandos de 2008 do curso de Comunicação e MultiMeios da PUC/SP

Tema da redação: Heróis reais