À minha mãe, com todo amor

Me falta o Alves da Mãe
Me falta o Pedraça da Avó
Mas somos um laço, um nó
Dois braços dados
Um só

É fácil varrer esse pó
Ninguém pode calar esse dó
Pois somos um laço, um nó
Corações atados
Um só

Força do braço do amor
Força do bravo que eu sou
Pra quem a saudade não é dor

Pra quem a saudade é sinal
Que uma presença consolidou
Que a vida corre e não tem final

Comentários

Niara disse…
Feliz Dia das Mães :)
Bjsss

ok ok... eu sei q foi ontem :P
Anônimo disse…
Poesia Legal. + eu tenho o que te falta (Pedraça). CAROLINE S Pedraça.
sua avó tem esse sobrenome?
Manaus - AMAZONAS
Anônimo disse…
Poesia Legal. + eu tenho o que te falta (Pedraça). CAROLINE S Pedraça.
sua avó tem esse sobrenome?
Manaus - AMAZONAS
Anônimo disse…
Poesia Legal. + eu tenho o que te falta (Pedraça). CAROLINE S Pedraça.
sua avó tem esse sobrenome?
Manaus - AMAZONAS
Anônimo disse…
Poesia Legal. + eu tenho o que te falta (Pedraça). CAROLINE S Pedraça.
sua avó tem esse sobrenome?
Manaus - AMAZONAS
Anônimo disse…
Poesia Legal. + eu tenho o que te falta (Pedraça). CAROLINE S Pedraça.
sua avó tem esse sobrenome?
Manaus - AMAZONAS
Anônimo disse…
Poesia Legal. + eu tenho o que te falta (Pedraça). CAROLINE S Pedraça.
sua avó tem esse sobrenome?
Manaus - AMAZONAS
Anônimo disse…
Poesia Legal. + eu tenho o que te falta (Pedraça). CAROLINE S Pedraça.
sua avó tem esse sobrenome?
Manaus - AMAZONAS

Postagens mais visitadas deste blog

Bustamante

Texto que escrevi e li como orador dos formandos de 2008 do curso de Comunicação e MultiMeios da PUC/SP

Tema da redação: Heróis reais