Hoje, paixão é algo bem mais bonito do que era antes

Morena,
Seu namorado está um tanto quanto gripado. Passou o dia todo meio tonto e ainda está bastante. Mas consegui vir à aula e fiz tudo o que tinha para fazer. Até me surpreendi quando, na aula de português, fiz a dissertação exemplificativa de hoje e mais a expositiva que deveria ter feito em casa. A exemplificativa, de hoje, fiz em dupla com a minha amiga coreana, Lina é nome dela, logo... fiz tudo sozinho mesmo. Coreanos ficam meio perdidos em aula de português. É engraçado. Ah! Ela nos parabenizou pelo nosso namoro. Contei para poucas pessoas, mais para as que já eu havia vindo falando sobre você; para dividir com elas a nossa felicidade, já que acompanhavam mais ou menos a nossa história. Almocei bem no bandejão e vou jantar daqui à pouco, bandeja também. Como estou "um tanto quanto gripado", quero e devo me alimentar bem, cuidar direito de mim.
Me enche os pulmões um pensamento e tenho vontade de exclamar bem forte que estou namorando a Sheila.

O dia de ontem foi a página mais linda até agora do romance que estamos escrevendo com carinhos na terra que tem a estrada da vida. Aliás, depois que as nossas estradas se encontraram, como lhe falei e mostrei com as mãos que adoram pela nuca estar em seus cabelos, parece que não temos mais que empurrar e empurrar o chão com nossos pés para irmos adiante. Parece que a mais bela brisa bate e leva os dois espíritos que se misturam em beijos e olhares, em carinhos e sensações, e dão novo conceito à palavra paixão. Hoje, paixão é algo bem mais bonito do que era antes, para mim e para você, Sheila. Isso eu tenho certeza.

Um beijo em você
Seu namorado
Vitor

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bustamante

Texto que escrevi e li como orador dos formandos de 2008 do curso de Comunicação e MultiMeios da PUC/SP

Tema da redação: Heróis reais