Vim ver você



Vamos conversar, ao menos, para poder dizer que vim ver você?
O quê?! Venha, pegue pela pele, puxe meus pêlos, ponha-me na sua palma!
Calma, não trema, não teime, não tussa-me; tenha-me, trague-me, tranque-me, transe comigo
Amigo, venha, vamos, eu vim ver você. Isso!
Preciso. Assim, em mim, aqui, isso! Aí, vem! Sinto!
Minto! Mais, faz, traz para mim, refaz, ai, mais. Ahhhhhh! Eficaz. Desfaz.
Pra trás! Minha vez.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bustamante

Texto que escrevi e li como orador dos formandos de 2008 do curso de Comunicação e MultiMeios da PUC/SP

Tema da redação: Heróis reais