O inverno tem um jeito

O inverno cheio de frio tem um jeito de nos levar para dentro cheios de nós. O frio faz termos que nos abrigar na casa de nossos corpos abrigados em paredes de cômodos mais quentes que o incômodo do frio rueiro, que passa mais que os carros lá fora. Dentro da minha blusa bem cabia eu e mais alguém a quem daria e multiplicaria calor. No inverno, muito me sinto como quando passo o domingo sozinho no apartamento. Assim, barateando a vida - porque com amor é mais caro e, quando nos perguntam o preço, nunca sabemos quanto podemos pagar e não fazemos negócio. No inverno, minha mente vai dentro do corpo, o corpo vai dentro das roupas que vão dentro do apartamento que vai dentro do frio que vai dentro das nuvens que prendem o Sol.

Comentários

Alice disse…
Minha estação preferida é o inverno. Sei lá, algo como me sentir humana com o vento gélido sobre a pele.

Também quando as nuvens libertam o sol é bom sentir aquecido o coração.

Um beijo
Chris Amag disse…
Amei essa prosa poética! As metáforas se escondem do frio no calor da sua poesia...

Na sua blusa cabe mais alguém, mas nos seus textos não cabem mais elogios!

Uma graça o seu blog.

Bjs
Chris

Postagens mais visitadas deste blog

Bustamante

Texto que escrevi e li como orador dos formandos de 2008 do curso de Comunicação e MultiMeios da PUC/SP

Tema da redação: Heróis reais