Pensamento não concluído, preciso acertar

O que você faz alimenta o seu fazer. O que você sente alimenta o seu sentir. O que você pensa alimenta o seu pensar. Você vai se tornando as suas escolhas. Nessa estrutura você administra o seu comportamento que sempre inicia-se com uma vontade interrompida por pensamentos de cálculos antes de sua execução. Após a execução vem o discernimento e mais justificativas. Porém, mais apoiadas na realidade. A partir disso nasce uma emoção nova do que aconteceu agora, que não é um ressentimento de uma emoção passada.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bustamante

Texto que escrevi e li como orador dos formandos de 2008 do curso de Comunicação e MultiMeios da PUC/SP

Tema da redação: Heróis reais