Quem dá é o homem

"Hoje não vou te convencer a ir em casa"... Quem convence ou não é sempre a mulher. Mesmo que imperceptivelmente. Mesmo que isso aparentasse não ser, é encaixado no fim da conversa. Revelado e firmado em sua ação. Ela dita as regras do seu explorador. É ela o ser que recebe. Quem dá é o homem. Ele deve se adaptar pois a decisão e a inteligência vêm sempre por ela. Amiga da lua, a noite é toda dela. Tem o poder de reunir as chuvas de estrelas que desprendem do coração do homem. Ao mesmo tempo em que lhe esquenta a vida e o corpo, afaga com ternura a consciência inferior que escolheu e deitou em seu colo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bustamante

Texto que escrevi e li como orador dos formandos de 2008 do curso de Comunicação e MultiMeios da PUC/SP

Tema da redação: Heróis reais