domingo, dezembro 30, 2012

Fim de semana em casa

Em casa dos pais. Minha mãe veio até a sala para dar boa noite. Eu e meu irmão respondemos. Pedi para ele pausar a série que víamos, pois precisava de um copo d'água. Mas antes de ir para cozinha, passei no quarto da minha mãe. A água era necessária, mas mais como desculpa para o meu gesto de filho sedutor do que disputa o apreço materno com irmão do que para matar a sede e molhar a garganta prejudicada. Gripe recente. Meu pai já dormia sobre a cama e entreguei a minha mãe um beijo de boa noite, que se converteu num sorriso, que se converteu em paz. Falta deitar um beijo sobre meu pai. Isso fica para o domingo! O dia será de um vermelho agradável, pelo fato dos domingos serem vermelhos no calendário e estar calor, e viajaremos para São Paulo. Ele trabalhará no último dia do ano e eu irei passar o réveillon com a Ana, minha namorada. Precisamos nos ver um pouco antes da virada. Para nossos olhares se perderem do tempo dentro um do outro antes de estar no social. Namorarmos.

Um comentário:

Sandra Di Célio disse...

Tudo isso: casa dos pais, vídeo com irmão, carinho de mãe e filho, planos para o futuro, romance... Tudo isso, um tanto bem bastante de felicidade! (tirando a gripe é claro, mas pra polarizar, perfeito!);-)

Livro com uma mão não dá

Ler segurando o livro com apenas uma das mão não dá. É como fazer sexo ativo sem ter as duas mãos na parceira, não dá. E uma mão escondida s...