quinta-feira, maio 10, 2012

Me falou sobre sempre escrever. Escrevi como por eco da série harmônica de seu comentário. Senti um pouco de música. Senti um pouco de calor. Senti um pouco de fichas e, por fim, senti prudências sem ti.

Nenhum comentário:

Livro com uma mão não dá

Ler segurando o livro com apenas uma das mão não dá. É como fazer sexo ativo sem ter as duas mãos na parceira, não dá. E uma mão escondida s...