Era um puta bairro tranqüilo, a gente brincava na rua. Mas só tem casão (o que não é o caso da minha moradia), gente metida a besta (é o meu caso?). A TV sempre mostrou violência, violência, violência. E o pessoal parou de sair na rua à noite. Pouca gente ne rua = rua menos segura. Uma coisa puxou a outra e cá estamos. Um deserto noturno. Hoje há assaltos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bustamante

Texto que escrevi e li como orador dos formandos de 2008 do curso de Comunicação e MultiMeios da PUC/SP

Tema da redação: Heróis reais