Ontem fui pegar de carro a minha mãe. Tinha um colega dela para nós darmos carona. Claro que a Senhora Mãe do Vitor já falou para metade da cidade que o filho dela passou em segundo lugar na faculdade daqui. Bem, quando ela contou no carro a notícia para o Seu Paulo, o carona, um senhor já, eu falei que o primeiro lugar deve pertencer a um maldito dum japonês. E ele me respondeu: “Nos anos 70 nós dizíamos que, se você quisesse uma vaga na faculdade, você tinha que matar um japonês".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bustamante

Texto que escrevi e li como orador dos formandos de 2008 do curso de Comunicação e MultiMeios da PUC/SP

Tema da redação: Heróis reais