Verdade

Ficou meio grosseiro da minha parte ter escrito aquela última estrofe. Tenho que parar um pouco de ler ¢AtaRrO vE®De.

Idéia! Vou trocar o "a dar" e pôr um "a amar" no lugar. Acho que fica melhor assim.

Só para constar: Hoje foi minha segunda tentativa de passar no exame da auto escola. E dessa vez eu lembrei de dar seta, lembrei de andar devagar e lembrei de parar em paradas obrigatórias, mas o carro morreu duas vezes. Certamente repeti de novo.

Só se o examinador não viu o carro morrer, mas eu acho que ele percebeu.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bustamante

Texto que escrevi e li como orador dos formandos de 2008 do curso de Comunicação e MultiMeios da PUC/SP

Tema da redação: Heróis reais